central de atendimento: 18 3223 9090 | 18 99662 9099

Habilitação para jet ski: saiba todas as informações

 

Uma pessoa noa mar andando de jetski.

Uma dúvida muito comum de quem gosta de se divertir em esportes aquáticos é sobre a habilitação para jet ski. Afinal, será que existe um tipo específico para pilotar as motos aquáticas? E quais são as exigências para conseguir essa documentação?

Neste conteúdo, trouxemos tudo para você entender como funciona a CNH para jet ski e garantir a sua. Confira. 

Qual é a habilitação para andar de jet ski?

A habilitação para jet ski é única e específica para esse tipo de moto aquática. Ela é chamada de “carteira de habilitação para motonauta” (MTA).  Desde 2012, o nosso país possui uma carteira exclusiva para esse tipo de pilotagem. 

Portanto, mesmo quem já possui outras habilitações para navegação, precisará tirar um tipo próprio na hora de andar de jet ski.

Quanto custa a CNH para jet ski?

Normalmente, as pessoas optam por tirar a carteira de motonauta (jet ski) junto com a Arrais Amador, porque o preço das duas juntas compensa muito. O valor de ambas costuma girar entre R$ 900 a R$ 1400.

A diferença depende da escola e também do seu estado. Com a carteira Arrais Amador, você poderá pilotar também, além do jet ski, lanchas entre 20 a até 40 pés.

É como se fosse uma autoescola comum, oferecendo as carteiras de motorista para carro e moto.

Quem tem arrais pode pilotar jet ski?

Não, é importante entender que quem tem Arrais Amador não pode dirigir jet ski. Embora as duas habilitações sejam vendidas juntas, muitas vezes, elas são carteiras diferentes.

O arrais amador é voltado para navegação de lanchas em águas abrigadas, enquanto a carteira de jet ski é específica para pilotar essas motos aquáticas.

Você só poderá pilotar jet ski caso tenha a habilitação específica.

Pode alugar jet ski sem carteira?

Não, você não pode alugar um jet ski para pilotar sem a devida habilitação. Contudo, desde 2022, a lei permite que você faça o aluguel usando uma carteira provisória de habilitação.

Essa carteira é exclusiva para quem deseja alugar uma moto aquática, mas não tem intenção de tirar a habilitação específica.

Nesse caso, será preciso apresentar:

  • Cópias dos seus documentos pessoais, endereço comercial ou residencial;
  • Na ficha de locação, será preciso indicar o número do jet ski locado;
  • Assinar um termo de responsabilidade de que irá cumprir a lei municipal referente à pilotagem de jet ski.

Para conseguir essa carteira, ainda, é preciso alugar um jet ski em um local habilitado para esse fim e que siga as regras da Marinha, com áreas demarcadas onde se pode pilotar e não pode haver passageiros.

Como tirar a habilitação para jet ski?

Se você quer tirar uma habilitação definitiva para jet ski, é preciso cumprir os pré-requisitos, que são:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter um atestado médico comprovando que não dispõe de limitações físicas ou mentais que impedem de pilotar um jet;
  • Saber nadar;
  • Ter comprovante de residência atualizado;
  • Fazer um curso teórico.

Curso para habilitação de jet ski

O curso de habilitação é oferecido em escolas náuticas. Ele é um curso teórico que ensinará sobre técnicas e manobras, primeiros socorros, cuidados com o meio ambiente, leis e normas, entre outras questões.

Exame da Marinha

Ao finalizar o curso teórico (em média de 3 horas) e reunir a documentação necessária, você poderá fazer a inscrição na Marinha para seu exame. 

Ele também é teórico. Ou seja, você não fará nenhuma prova prática com o jet, ao contrário das carteiras de habilitação de veículos.

Se você for aprovado, é só aguardar a emissão da sua carteira, o que demora em torno de 30 dias. A validade da CNH de jet ski é em torno de 10 anos.

O que é preciso para pilotar jet ski?

Além da carteira de habilitação específica para jet ski, você deve ter outros cuidados para uma pilotagem segura. Como: 

  • Usar equipamentos de segurança, como colete salva-vidas e ter extintor de incêndio no seu jet;
  • Evitar exceder a velocidade recomendada. Se você for pilotar em águas abrigadas, por exemplo, não deve ultrapassar os 55 km/h;
  • Estar com a documentação em dia, como a carteira dentro da validade e os documentos do jet (certificado de registro de veículo e seguro obrigatório);
  • Respeitar as regras e a sinalização, conduzindo seu jet de forma segura, sem trazer riscos a outros motoristas e banhistas.

Agora que você já sabe tudo sobre a habilitação para jet ski, que tal escolher sua moto aquática? Confira as opções da Oeste Marine com condições imperdíveis!