central de atendimento: 018 3223 9090 | 018 99662 9099

Bandeiras Náuticas: saiba o que são e o significado

Uma grande bandeira vermelha com o céu no fundo

As bandeiras náuticas são extremamente importantes na navegação, ajudando a melhorar a comunicação e a evitar acidentes.

Justamente por isso, quem navega, precisa conhecer o significado dessas bandeiras, garantindo a segurança de todos a bordo. Saiba mais neste conteúdo completo!

O que são bandeiras náuticas?

As bandeiras náuticas integram o Código Internacional de Sinais (CIS), ajudando a compartilhar uma mensagem de um barco para outro.

Em geral, elas são usadas para comunicar um alerta, indicando a situação de uma embarcação ou solicitando ajuda.

Dependendo da bandeira usada, o significado da mensagem poderá ser diferente. Como solicitar informações sobre mergulhadores ou informar sobre alguma quebra no barco.

Também é válido destacar que cada bandeira pode ser formada por uma letra ou um número ou por um conjunto de cores, garantindo que seu conceito seja compreendido.

As bandeiras náuticas são içadas ou penduradas em cordas, formando um código visual e ficando visível para outros navegadores, ajudando a transmitir a mensagem de forma clara e eficiente. 

Por que existe o código internacional de bandeiras náuticas?

O Código Internacional das Bandeiras Náuticas é usado na comunicação marítima entre embarcações. 

Embora hoje praticamente todos os barcos sejam equipados com rádios transmissores, esse sistema pode ser útil caso a tecnologia venha a falhar.

Assim, é possível se comunicar mesmo com embarcações distantes, garantindo ajuda em momentos complicados ou até sinalizando eventuais perigos, mantendo a segurança de todos os navegantes.

Como são universais, o sistema de bandeiras náuticas não depende que o outro marinheiro saiba a sua língua. 

Dessa forma, se você encontrar um barco em que o capitão fala alemão, por exemplo, e ele usar o sistema de bandeiras náuticas, mesmo sem você falar esse idioma, conseguirá compreender a mensagem.

Quais os significados das bandeiras náuticas?

O mais comum é que as bandeiras usem o código NATO, combinando letras para que elas tragam diferentes significados. Confira alguns dos mais comuns. 

  • ALFA (azul e branco): mergulhador na água, mantenha distância;
  • BRAVO (vermelha): transporte de carga perigosa;
  • DELTA (azul e amarelo): realização de manobras difíceis, mantenha distância;
  • KILO (amarelo e azul): quero me comunicar;
  • VICTOR (branco e vermelho): preciso de ajuda;
  • YANKIE (amarelo e vermelho): arrastando âncora;
  • WHISKEY (azul, branco e vermelho): preciso de ajuda médica;
  • ECHO (azul e vermelho): estou guinando para boreste;
  • GOLF (listrada em amarelo e azul): solicito prático/ estou arrastando/ lançando redes (quando içada por barcos de pesca);
  • HOTEL (listrada de branco e vermelho): tenho prático à bordo;
  • INDIA (amarela com uma bola central preta): guinando para bombordo;
  • JULIET (listrada de branco e azul): mantenha distância, tenho incêndio e carga perigosa à bordo / estou com vazamento de carga perigosa;
  • LIMA (quadriculada de preto e amarelo): pare imediatamente seu barco;
  • MIKE (azul com X em branco): o meu barco está parado e sem seguimento;
  • NOVEMBER (quadriculada de branco e azul): negativo/ não concordo;
  • OSCAR (amarelo e vermelho): homem ao mar;
  • UNIFORM (quadriculada de branco e vermelho): você se dirige a um perigo.

As cores nas bandeiras náuticas

As cores são extremamente importantes na comunicação com as bandeiras náuticas. Veja o significado das mais usadas: 

  • Vermelho: alerta ou perigo;
  • Azul: mergulhador próximo, pedido para afastar, solicitação de ajuda médica. Geralmente vem combinada com outras cores;
  • Amarelo: comunicação, licença para entrar em porto, arrastando âncora, entre outros;
  • Branco: pode alterar bastante o significado, dependendo da combinação com as demais cores;
  • Preta: geralmente quando combinada com o amarelo indica atenção.

E o Sistema Global de Socorro e Segurança Marítima?

Além das bandeiras náuticas, também existe o Sistema Global de Socorro e Segurança Marítima. Ele é um sistema de rádio e satélite que pode ser usado para inúmeras finalidades. 

Esse sistema também pode ser conhecido pela sigla GMDSS, em inglês. Ele começou a ser usado em substituição ao antigo código Morse e canais de emergência em MF.

O GMDSS é um sistema automático, que permite automatizar e garantir comunicações mais rápidas e eficientes, especialmente em casos de busca e salvamento.

Esse sistema tem 9 funções que funcionam independentemente de onde você estiver navegando. São elas:

  • transmissão de alertas de socorro navio-terra;
  • recepção de alertas de socorro terra-navio;
  • transmissão e recepção de alertas de socorro navio-navio;
  • transmissão e recepção de comunicações para coordenação das operações de SAR;
  • transmissão e recepção de sinais para localização de navios/ balsas salva-vidas em perigo;
  • transmissão e recepção de informações de segurança marítima (MSI);
  • transmissão e recepção de radiocomunicações em geral;
  • transmissão e recepção de comunicações passadiço-passidiço.

Se ocorrer um naufrágio, o sistema se ativa automaticamente e começa a transmitir sinal de perigo para os satélites do GMDSS. Esses alertas também são transmitidos para as estações em terra e retransmitidos para um centro de coordenação de salvamento do país.

Conclusão

Como você viu, conhecer as bandeiras náuticas e os sistemas de comunicação no mar é extremamente importante, para garantir uma navegação segura para todos os envolvidos.

Ainda que hoje praticamente todas as embarcações sejam equipadas com sistema GMDSS, em caso de falha deste, é importante saber se comunicar e pedir ajuda para outras embarcações.

Por isso, o sistema de bandeiras náuticas continua atual e muito importante. Gostou deste conteúdo? Aproveite e confira nosso post com diferentes termos náuticos que você precisa conhecer!