central de atendimento: 18 3223 9090 | 18 99662 9099

Pescaria em alto mar: Tire todas as suas dúvidas!

Pescaria em alto mar: Tire todas as suas dúvidas!

A pescaria em alto mar é uma aventura emocionante que atrai pescadores em busca de grandes desafios e capturas excepcionais.

Para garantir o sucesso nesse cenário vasto e imprevisível, a escolha do anzol e da isca desempenha um papel crucial.

Ainda, compreender o melhor horário para pescar em alto mar e quais equipamentos utilizar são aspectos fundamentais para uma jornada de pesca bem-sucedida.

 Se você deseja viver a emoção da pescaria em alto mar e quer aprender tudo sobre o assunto, este conteúdo pode te ajudar. Continue conosco até o final e aproveite a leitura!

Qual o melhor anzol para uma pescaria em alto mar?

Quando falamos de pescaria em alto mar, é preciso escolher o anzol com sabedoria. Afinal, ele cumpre uma função importante e impacta diretamente o sucesso da captura.

Para essa modalidade, o anzol deve ser robusto, afiado e capaz de lidar com peixes de grande porte. Entre as opções disponíveis, os anzóis de formato circular são tidos como os mais eficazes.

Isso porque eles possuem um formato curvo, com a ponta voltada para dentro, o que reduz a probabilidade do peixe escapar durante a fisgada. Esse design permite que o anzol se fixe naturalmente na boca do peixe, proporcionando uma captura mais segura.

O tamanho do anzol é outro ponto que merece atenção para uma pescaria em alto mar bem-sucedida. Em geral, os anzóis na faixa de 7/0 a 9/0 são os mais recomendados para lidar com peixes de grande porte.

O que acontece é que esses tamanhos oferecem resistência suficiente para enfrentar as condições desafiadoras do mar e são proporcionais ao tamanho das espécies alvo.

Qual a melhor isca para pescar em alto mar?

Para iscas, a sardinha é uma escolha popular e muito eficaz em alto mar, sobretudo, devido à sua aparência brilhante e aroma atrativo, que chama a atenção de peixes de grande porte como atuns e marlins.

Outra isca que faz sucesso é o camarão fresco. O camarão emite um odor forte e atrativo irresistível para certas espécies marinhas, podendo ser usado tanto em pesca de arrasto quanto em pesca vertical, adaptando-se às preferências do pescador e às condições do mar.

Sendo assim, a escolha entre sardinha e camarão muitas vezes depende das espécies alvo e das preferências locais.

Ambas as iscas oferecem uma abordagem versátil para a pescaria em alto mar, proporcionando aos pescadores a oportunidade de experimentar e ajustar suas táticas conforme necessário.

Quais equipamentos usar em uma pescaria em alto mar?

Além da escolha cuidadosa do anzol e da isca, é importante apostar em equipamentos de qualidade para ter o melhor rendimento em alto mar.

Dito isso, varas de pesca resistentes e carretilhas robustas são essenciais, assim como linhas de alta resistência, garantindo que seja possível capturar peixes de grande porte e que, consequentemente, têm mais força.

Vale a pena investir em linhas trançadas, visto que entregam mais resistência e durabilidade em comparação com linhas monofilamentares.

E, claro, não se esqueça dos acessórios, como:

  • Alicate de contenção para manuseio seguro dos peixes;
  • Faca afiada para cortar linhas e preparar iscas;
  • Binóculos para observar aves marinhas que indicam a presença de cardumes.

Qual o horário ideal para pescar em alto mar?

Saiba que o horário tem uma influência enorme quando falamos de pescaria em alto mar e bom desempenho. Geralmente, as primeiras horas da manhã e o final da tarde são considerados os melhores momentos para esse tipo de pesca.

Durante esses períodos, a atividade dos peixes é mais intensa, sobretudo, porque muitas espécies estão em busca de alimento.

Por exemplo, ao pescar atuns, o amanhecer é um momento propício. Esses peixes costumam se alimentar nas camadas mais superficiais da água durante as primeiras horas do dia.

Já os marlins tendem a ser mais ativos no final da tarde, quando a temperatura da água está mais amena.

Quais técnicas específicas colocar em prática?

A pesca em alto mar exige habilidades específicas e técnicas adaptadas ao ambiente oceânico. A seguir, confira as principais!

Pesca de arrasto:

Uma abordagem comum é a pesca de arrasto, em que iscas são arrastadas por uma embarcação em movimento. Essa técnica é eficaz para cobrir grandes áreas e atrair a atenção de peixes predadores.

Pesca vertical:

Outra técnica popular é a pesca vertical, especialmente ao lidar com espécies que habitam as camadas mais profundas da água.

Utilizando equipamentos como profundímetros para identificar as profundezas ideais, os pescadores lançam suas iscas verticalmente e ajustam a profundidade conforme necessário.

Que tipo de barco usar?

Se você está pensando em planejar uma pescaria em alto mar, sua embarcação deve ter certas características, como cascos profundos e resistentes, sistemas de navegação avançados e espaço dedicado para armazenar equipamentos.

Além disso, viagens mais longas exigem embarcações com uma ampla capacidade de combustível.

Neste contexto, as lanchas Focker da Fibrafort aparecem como uma excelente opção, principalmente, pelo fato de serem reconhecidas por sua qualidade, durabilidade e desempenho em águas oceânicas.

Focker 420 Gran Coupé

A Focker 420 Gran Coupé destaca-se pela sua imponência e versatilidade. Com um design moderno e elegante, oferece um amplo espaço tanto no convés quanto na cabine.

 Seu casco foi projetado para encarar as adversidades do mar, proporcionando estabilidade e conforto aos pescadores.

Equipada com sistemas de navegação avançados e espaço para armazenamento de equipamentos, a Focker 420 Gran Coupé é exatamente o que se busca para longas jornadas de pesca em alto mar.

Focker 388 Gran Turismo

A Focker 388 Gran Turismo também pode ser vista como uma ótima escolha para os entusiastas da pesca em águas profundas.

A embarcação combina layout inteligente, estilo e desempenho. Seu casco foi projetado para oferecer uma navegação suave ao cortar as ondas, proporcionando uma experiência de conforto e segurança aos pescadores.

Como manter a segurança em alto mar?

O sucesso de uma pescaria em alto mar não se resume à quantidade de peixes fisgados, também é sobre voltar para a casa em segurança. Por isso, é indispensável tomar uma série de cuidados, como:

  • Verificar as condições meteorológicas antes de embarcar;
  • Garantir que os coletes salva-vidas estejam em bom estado;
  • Certificar-se do funcionamento dos equipamentos de comunicação;
  • Contar com uma lancha robusta.

Agora que você já tirou todas as suas dúvidas sobre a pescaria em alto mar, o que acha de ficar por dentro de outros conteúdos? Desbrave o nosso blog e saiba mais sobre o universo náutico!